terça-feira, 24 de julho de 2007

Configurando Virtual Host e Default Context no Tomcat

Bom, este post veio porque ontem ajudei um grande amigo meu com um probleminha neste aspecto. Queira aproveitar a oportunidade para deixar um grande abraço aqui pra ele, Daniel Kühl Lima, um dos únicos LPI3 do Brasil.

Normalmente quando você publica um servidor com um tomcat servindo uma aplicação, o que costuma-se fazer é simplesmente publicar a aplicação e passar a url para o usuário, por exemplo: www.meudominio.com.br:8080/aplicacao, e o usuário para acessar sua aplicação precisa digitar a url como consta ali, caso ele digita até o / ele irá cair naquela página default do tomcat, com links pra o Administrador e Manager.
Isso é beeem feio. Existe algumas maneiras de se fazer isso de uma forma mais "descente".
Primeiro, para melhorar, o usuário não precisa saber qual a porta para acessar a aplicação, então passar 8080 na url, é feio. Então o mais comum para arrumar isso é levantar o Tomcat com a porta 80. Para isso, é necessário alterar o arquivo [tomcatdir]/conf/server.xml trocando a porta na seguinte linha (normalmente está ~ pela linha 76):

< port="8080" maxhttpheadersize="8192">
trocar a linha pela
< port="80" maxhttpheadersize="8192">
Com isso resolvemos o problema de o usuário ter que digitar a porta 8080 na url. Porém, se o usuário digitar somente o seu domínio ele ainda acessará a página default do tomcat.
O que muita gente faz para corrigir isso, é instalar um Apache + Conector para Tomcat (para saber como configurar ver a documentação dos Connectors da Apache), e assim, ele configura para que o apache intermedie requisições para o tomcat, para que quando for acessado o raiz (www.meudominio.com.br) ele redirecione para a aplicação e pronto, o usuário não precisa mais saber qual o nome da aplicação.

Isso funciona. Mas para que ter que configurar mais uma coisa para acessar o tomcat, mais um possível ponto de erro!?
O que muita gente não sabe é que o próprio Tomcat tem suporte a Virtual Hosts.
Por default, o tomcat já vem com um Host configurado, que é justamente o raiz da aplicação, que é aquele host que está no arquivo server.xml.
< name="localhost" appbase="webapps" unpackwars="true" autodeploy="true" xmlvalidation="false" xmlnamespaceaware="false">

< !-- UM MONTE DE COMENTÁRIO AQUI-- >

< /host >

Para configurar então o tomcat para que assim que o usuário digitar a url do seu domínio ela acesse diretamente sua aplicação, você pode apenas definir o Default Context.

< name="localhost" appbase="webapps" unpackwars="true" autodeploy="true" xmlvalidation="false" xmlnamespaceaware="false">

< path="" docbase="aplicacao">

< /Host >

O path="" significa que será o context default, ou seja, assim que o usuário acessar o raiz de seu domínio, ele acessará a aplicação que você definiu no docBase.
Isto funciona para a maioria dos casos onde você tem apenas uma aplicação no servidor. Mas se você tiver um servidor que serve para vários domínios, você então precisará configurar Virtual Hosts, assim como era feito no Apache, quem administra servidores, sabe o que, e como fazer isso. Então, para fazer isso no Tomcat, basta você adicionar um novo Host, parecido com o do exemplo acima, porém, passando o domínio como name do host. Ex:

< name="www.meudominio2.com" appbase="/caminho/aplicacoes">
< path="" docbase="aplicacao2">
< /Host >
Agora, este novo host, você pode definir um context default ou não, isso depende da sua configuração. Caso você tenha multiplos domínios e apenas um servidor, basta ir adicionando eles a este arquivo. Lembre-se que todos os elementos Host ficam dentro do elemento Engine.

Nota importante:
Fiz alguns testes, e o tomcat se comportou de maneiras distintas em algumas versões diferentes. O que notei foi que o / tanto no appBase do Host, quanto no docBase do Context, faziam diferença. Então, caso não esteja conseguindo configurar, tente remover, ou inserir as barras tanto no início do caminho, quanto no final.

Bom, é isso, hoje não estou muito inspirado para escrever, então, eu sei que o post ficou com um português meio ruinzinho... Mas, sobretudo, espero ter ajudado alguém. Qualquer dúvida poste ai que eu tento responder.

[Update]
Para fazer isto no tomcat 6 mudou um pouquinho na parte de deixar o tomcat responder na porta 80 (primeira parte deste post). Mas não tem segredo, procure um "Connnector" no mesmo arquivo server.xml que contenha 8080, e altere para a porta 80 =) O resto continua a mesma coisa. Valeu.

6 comentários:

Anônimo disse...

Pô cara, valeu mesmo. Na verdade eu estava procurando outra coisa sobre o tomcat, mas vou guardar esta dica, pois com certeza irei precisar.

Grande abraço,
Raphael

raphael.ufrj@gmail.com

Anônimo disse...

Utilizo o Tomcat 6 e fiz o que você ensina. Quanto a porta 80, tufo ok. Deu certo. Mas não consigo colocar a aplicação como default com a tag Context. Já fiz todas as combinações possiveis da "/" do appbase e do docbase. Já estou tentando ha 2 dias e não consigo. Mas não vou desistir.

Igor disse...

Bom artigo,

Agora como eu faço para restartar smente um determinado host de um virtual host. Quando eu tenho só um host eu faço via Tomcat Manager, mas e com os virtual hosts?

vlw

igorcosta@mastersoftsistemas.com.br

Rudrigo disse...

Parabéns muito bom, mas tire uma duvida, Como faria para manter um tomcat na porta 80 e outro na 8080 de forma que o apache administre, estou com esse problema um sempre tem que ser 80 e estou add mais um que pode usar qualquer porta

Juliano D. Carniel (jujo) disse...

Rudrigo,

porque vc não deixa 2 tomcats rodando, 1 na porta 80 e outro na porta 8080. Assim eles ficam independentes.

Valeu.

Anônimo disse...

Muito bom, me ajudou muito.
Valeu